quarta-feira, 10 de outubro de 2012

acordei nesse mundo marginal :/

Eu sei, não é sempre que a gente encontra alguém que faça bem, que nos leve desse temporal ♫

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Nem motivo, nem razão, sem explicação decidi retornar aqui e ocupar um pouco mais o tempo que ultimamente tem me faltado bastante, mas aqui me faz bem e eu honestamente procuro a tempo por coisas que me deixam um pouco mais animada.
Um breve aviso, a partir de hoje irei estar mais ativa aqui, quando possível ao menos.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Eu penso a que ponto chegou o ser humano.
Sobre o preconceito que algumas pessoas tem contra o BBB eu não me ponho contra e nem a favor, de fato, é sim um programa que prova quais as características o povo brasileiro tem.
Qual a minha reclamação? Circula na internet a situação que fala em que todos os brasileiros assistem BBB e analisam antes de votar, mas que para escolher seus representantes Brasília e em todas as questões em que elegemos nossos representantes. Tudo bem, protesto com razão, realmente isso é uma vergonha, mas devemos analisar melhor este protesto. Até onde eu vi tinha em torno de 10.000 pessoas que tinham compartilhado este protesto, mas então o que eu questiono é simples de responder e espero que cada um saiba responder. Todas as pessoas que compartilharam, estão defendendo um causa, mas espero que nenhum assista ao programa, mas espero que todos analisem os candidatos que votam para dirigir seu município, seu estado e seu país.
O meu objetivo diante desse texto é pedir para que cada um reflita.
Fácil é reclamar de todos os políticos, difícil é disputar com eles e acreditar na sua capacidade de fazer o mesmo papel, sempre é fácil julgar, mas difícil agir. Mais difícil do que se candidatar para mudar a visão política do povo é brasileiro é ao menos ler o histórico dos candidatos, é ao menos saber quais as suas propostas, entender qual a sua ideologia, é fácil sentar horas e horas para analisar candidatos a um milhão de reais, mas é complicado sentar uma hora em frente à TV e assistir ao horário político, fácil é assistir noticias sobre tragédias, olhar filme, desenhos, séries e tudo mais, complicado é assistir noticias sobre o que acontece hoje entre os políticos, saber quem esta envolvido em corrupção e quem não cumpri a lei.
A política ta no estado de corrupção hoje, por que você ontem escolheu a pessoa errada, por que você escolheu a ideologia errada. A culpa é toda sua, só você não admite.
Então pensa na próxima vez antes de julgar um político, por que foi você que errou.
Um momento que esta passando agora em minha memória me faz refletir mais um pouco.
Um dia me falaram que era necessário que nos afastássemos, mas que não por querer ficar longe e sim por estar magoando outras pessoas, disse me amar da mesma forma mas que era impossível continuar assim. Ok, eu permaneci amando da mesma forma, permaneci tentado levar a vida da mesma forma, mas visivelmente eu estava abatida.
Então eu encontrei pessoas que calassem a dor, não por completo por que isso sempre será impossível, mas o suficiente para eu ter fé e esperança de que algum dia alguém se preocupara com os meus sentimentos.
Sabe, depois de tanto tempo eu ainda lembro-me daquele momento, ainda lembro-me do quanto doía não poder estar com aquela pessoa, lembro o quanto eu a via feliz apesar de estar longe de mim, lembro de tudo, com muita dor eu guardo, mas ainda não fui capaz de esquecer também e de certa forma foi assim que eu aprendi, com esses tombos, com esses erros alheios e os meus erros que o fizeram afastar também.
E acredite, eu ainda hoje espero que se toquem que os meus sentimentos também estavam e ainda estão feridos, que os meus sentimentos estavam envolvidos na história, espero que as pessoas se preocupem e percebo que daquela forma machucaram a mim também. Será que alguns dias perceberão? Depois de tanto tempo eu ainda espero por essa resposta, eu ainda tenho fé, até ontem eu achei que isso fosse prova de um sentimento verdadeira que eu sentia mas agora eu percebo que estava enganada por que isso tudo não passa de uma falta de razão, não passa de apenas mais um motivo que eu tenho guardado para chorar e sofrer.
Passa um filme pela minha cabeça desde ontem de noite, um filme dos momentos dolorosos, fato. Parece que cada vez que eu lembro, dói como se eu estivesse revivendo o momento, mas por que eu não consigo excluir isso da minha memória? Por que eu preciso sofrer tanto?
Chega de perguntas, no momento eu preciso de respostas, mas elas não chegam.
Enquanto eu estou trancada novamente e lamentando as pessoas que estão na minha vida e até decepcionada com a mesma, existem pessoas felizes, rindo, se divertindo e não se preocupando com os outros como eu me preocupo. Durante toda a minha vida pisaram em mim da forma mais dolorosa possível e agora, eu quero viver, eu tenho pressa para encontrar a felicidade.
Vi durante toda a minha vida, as pessoas serem felizes e eu pude só observar, ta certo que às vezes eu fui uma das influencias para a felicidade, mas a maioria das vezes passava por cima de mim para serem felizes. O que eu faço agora? Eu procuro felicidade e como encontrar? Enfim, são mais perguntas do que respostas, mas uma afirmação – O QUE EU QUERO É FELICIDADE e não importa o que eu tenha que fazer, se devo tomar um porre sempre, se devo  sair desta cidade, se preciso trocar de escola, se preciso perder a noção do perigo, se preciso brigar, se preciso me afastar de algumas pessoas, não importante aonde e como encontrar, mas eu vou encontrá-la e os outros que se danem.
“Entre o certo e errado eu fico com o que me faz feliz”
E o fim, o fim independentemente de alguma forma vai chegar, logo ou tarde, causa por mim, por fatores da vida ou por outros, não sei. Mas vai chegar e eu nem faço questão que ela venha mas também espero que não demore muito, sei que até lá, eu vou viver intensamente e perigosamente.
Havia um tempo que eu preferia ficar trancada em casa, preferia ficar entre quatro paredes, por que nada aqui me trazia interesse, eu não tinha vontade de viver e ao mesmo tempo tinha medo de partir, por que eu partiria e ninguém sentiria a minha falta, eu teria vivido em vão, enfim, eu não posso afirmar que hoje seja tudo diferente, mas sei que a vida não é mais aquela mesma pura solidão.
Enquanto o tempo passava e eu ficada trancada, eu tinha como a minha música favorita aquela do Evanescence, My immortal. A letra dessa mesma sempre me chamou atenção e sempre coube a minha vida e agora penso que ta na hora de excluir esta letra da minha vida, por que chega, esta na hora de tudo mudar. Como diz a letra:

Essas feridas parecem não cicatrizar
Essa dor é tão real
Há tantas coisas que o tempo não pode apagar

Quando você chorou, eu enxuguei todas as suas lágrimas
Quando você gritou, eu lutei contra todos os seus medos
E eu segurei sua mão por todos estes anos
Mas você ainda tem tudo de mim ♪

Eu sempre estive a disposição para limpar lágrimas, para dividir dores, sempre me esforcei para surgirem sorrisos até quando eu não conseguia sorrir, mas depois de tanto esforço e depois de tanto carinho dado, eu apenas me arrependi de ter feito de tudo para ver os outros felizes e em troca apenas ser cobrada por quererem mais de mim, em troca eu fui um tapete no qual todos pisaram e ainda pisam, e como o tapete, para os outros eu não tenho sentimento, não passo de um objeto.
Saibam que mais nenhuma decepção me surpreende. Sempre foi assim, eu sempre trato a todos como se fossem da minha família e em troca eu fico apenas nas lembranças ou nem nisso, por que geralmente nem capaz de deixar marcas positivas eu sou.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012


Por que era tão forte o laço que me unia a tia da minha mãe ? Por que toda família do marido dela era tão ligada a ela?
Impossível era não ser cativada pelo sorriso dela, alguém com tantas dificuldades diárias que enfrentou as mesmas durante 17 anos mesmo estando sempre “limitada”, ela não perdia a vontade de viver, mesmo com dores ela tinha paixão pela vida, mesmo tendo que estar sempre acompanhada ela vivia fazendo piadas e trazendo alegria.
Devido ao acidente em 1994, ela ficou sem os movimentos nos membros inferiores, necessitando de cadeiras de rodas para se locomover. Você agüentaria isso durante 17 anos com muita alegria e disposição mesmo tendo dores todos os dias ? Eu não !
Ela sempre me ouvia, dava conselhos, contava piadas, falava sobre as dificuldades enfrentadas, me dizia que tudo que é com luta vale mais a pena no final e dizia que o amor e o carinho são os sentimentos mais fortes que alguém pode tê-lo, por que esse é capaz de matar qualquer falta de vontade, qualquer limitação, qualquer dor e eram as únicas coisas que faziam com que ela lutasse por VIDA.
Ela esteve comigo nos piores momentos e sempre me ajudou, sempre lembrou de mim com muito carinho e não economizava nos elogios quando me via, dizendo que só eu não percebo o quanto sou diferenciada por dentro do que qualquer outra pessoa. Sem contar que eu vi ela chorar poucas vezes e os motivos é o que mas me impressiona, alguém que não chora por suas próprias dores, mas chora pela dor dos outros.
Um arrependimento fica. Ela sempre foi a que mais lutava para que a família se reunisse no natal por que assim poderia nos ver novamente. Eu sempre fui a que mais lutei contra, odiava passar as tarde ouvindo discussões sobre terras e isso me decepcionava. Eu sempre amei a companhia de todos lá, tive muitas histórias, os primos sempre foram umas comédias, a biza sempre me enchendo de dengos e tal. Enfim, a mãe todos os anos me obrigava a ir. Mas este ano ela não me obrigou, disse que a escolha era minha, acredite vocês, eu escolhi ir para um baile. Amei o baile, realmente, mas deixei de lado a minha família para passar a noite em um baile, os bailes eu vou todo final de semana, mas reunir a família era só no natal. E este último natal, foi o ultimo da Lori com aqui, era a ultima oportunidade de vê-la e eu a desperdicei. Mas como ela dizia: É errando que se aprende, mas o problema é que o arrependimento é a maior dor que pode existir e mais uma vez, eu causei essa dor em mim.
Lori, saibas que esta no meu coração para sempre, peço desculpas por lutar contra ti sem ter razão e agradeço POR TUDO QUE TU PROPORCIONOU.
Ao pivetizinhô do Glauco que é uma figura, te desejo forças, por que sei o quanto necessário é. E como eu prometi, jamais te deixarei na mão novamente.
O tempo passa, mas as lembranças e os amores verdadeiros permanecem.


saudades ;s

Aos 18 dias do mês janeiro eu recebi uma noticia trágica. A noite começou da melhor forma possível e ao longo do tempo só foi melhorando, mas às 22h30min recebemos que a tia Lori tinha partido para sempre então com todas as minhas forças eu me segurei até o ultimo minuto. Escrevi a nota de falecimento, me vesti e fui para Teutonia me despedir desta tia e ajudar a mãe a arrumá-la.
Ao longo do percurso eu pensei em varias situações que já aconteceram comigo e de fato aquela era uma situação inédita, por mais que já tivemos vários momentos complicados nesta profissão, eu já sabia que aquele seria o momento mais duro de todos. E enquanto a gente se dirigia até o encontro do corpo, a mãe se mostrava abalada demais e deixava seguidamente as lágrimas caírem enquanto ela fumava para assim aliviar a tensão do momento. E eu escrevia algumas mensagens e não pronunciei uma palavra a não ser dizer “ – Mãe, eu não serei capaz de te ajudar, eu tenho certeza que não” e ela não me respondeu, acredito que ela tenha compreendido a minha preocupação. Enquanto a mãe desabava em lágrimas e aquele silêncio tomava conta do ambiente eu segurei as lagrimas, com toda força do mundo não derramei uma lagrima, fui capaz de me segurar e transparecer forte até Teutônia.
Chegamos lá e eu sentei em frente ao hospital esperando o corpo ser liberado pelo departamento médico e olhando a lua e as estrelas que tornaram o céu encantador. Então fomos até a sala ao encontro do corpo e as lagrimas foram inevitáveis ao vê-la. Eu me senti por alguns minutos com falta de ar, mas também não lutei para que conseguisse respirar melhor, talvez não fizesse diferença eu respirar ou parar de vez com a respiração. Então começamos a vestir o corpo, duramente eu chorava e ao mesmo tempo a vestia, ela como sempre estava bem arrumada, a vaidade de sempre, suas mãos ainda não estavam geladas e a boca que relutava, querendo não fechar, me fez pensar – Os dentes que sempre apareciam com diversos sorrisos, pela ultima vez serão vistos e esse foi o final das minhas forças, naquele momento eu não tinha mais forças para ajudar e permanecer ali e sai do local.
Na saída da sala encontrei a minha avó e o seu irmão (marido da falecida), então eu os cumprimentei e deus os meus pêsames, abracei-os e eles me pediram para que eu fosse junto com eles dar a noticia a biza, acharam que talvez a minha presença diminua o impacto da noticia e eu fui juntamente com para a casa dela. Cheguei lá e ela estava deitada esperando a minha avó voltar, então eu cheguei e ela logo falo o mais alto que era capaz “- é a minha neguinha?” se referindo a mim e me chamando pelo apelido carinhoso o mesmo de sempre. Eu dei um abraço e falei que estava bem mas que tinha uma noticia má para dá-la, sei que ela já imaginava, mas pela SEGUNDA vez naquela mesma noite eu teria que tirar forças de qualquer lugar, aí eu falei que a Lori havia falecido e que ela precisava se aprontar para nos acompanhar até o velório. Ela se sentou na cadeira mais próxima e pediu para ficar alguns minutos só e deu um abraço no Rui, filho dela que havia perdido a sua esposa. Mas nós nos negamos a deixar ela sozinha, então a levamos para se arrumar e fomos para o velório.
No meio do caminho nós encontramos o filho mais novo que havia acabado de perder a mãe e estacionamos o carro para falar com ele, ele estava abalado e deixou a moto lá, e nos acompanhou no carro, comigo e com a avó. Sentei atrás com ele e ouvi ele comentando sobre o ultimo encontro que  teve com sua mãe, comento o que ela representava para ele e tudo que ele seria capaz para pelo menos vê-la sorrir pela ultima vez, mas que fosse um sorriso sem dor. Como nós sempre tivemos uma afinidade incrível apesar do pouco contato, ele deito no meu colo e não teve medo de deixar nenhuma lagrima cair, não teve medo de dizer milhares de vezes que a mulher da vida dele foi a mãe dele, enfim, ele desabafou.
Sentamos na frente da capela a espera da mãe que chegaria com o caixão. Lá, ele ainda teve a capacidade de me chamar de bolinha de gude como sempre me chamava e ficar lembrando as minhas mancadas de quando eu era criança’ OMG que vergonha ouvir ele falando aquelas coisas.
Quando o corpo chegou logo viu as unhas dela pintada e me disse “- Lembra que tu debochava do dom que eu tinha de pintar as unhas dela, pois é, se passaram 6 anos e eu permanecia fazendo isso, não é a toa que agora estão pintadas” entre muitas lagrimas e colocando a mão dela sobre o seu rosto. De fato, mais uma vez eu tinha deixado de ser forte e as lagrimas apareceram novamente.
Passei lá um tempo sentada com o Glauco esperando o irmão mais velho dele chegar, aí conversei alguns segundos com o irmão mais velho dele que eu nem tinha reconhecido de tão diferente e bonito que ele tá (que vergonha ‘ OMG) e acredite, eu esqueci o nome dele – DEEEEEEEEEEEOS ¬¬’
Depois fiquei sentada lá na igreja, bem sozinha, olhando para as estrelas e passando frio, fui ver o tumulo do meu biza e passei algum tempo ali, falando sozinha, mas era necessário desabafar no momento e eu só tinha a mim mesma.
Quando o pessoal da família foi para uma sala tomar café, eu tive coragem de me aproximar do corpo ali, eu me obrigava a aproveitar aquele ultimo momento. Cheguei e segurei a mão dela que agora estava gelada, passei a mão em seus cabelos que o Glauco tinha tanto trabalho em cuida e amava fazer isso.
Pedi a Deus para levá-la e que ela ficasse bem, por que mais do que todos que eu conheço, ela merece ter momentos de paz e tranqüilidade. Eu estava usando uma das blusas que ganhei dela, sim, a blusa era velha, mas tinha um significado sentimental INCOMPARAVEL. Quando eu agradeci a ela por tudo, vi que havia chegado os demais familiares que por sinal me viram e começaram a chorar.
A mais de um ano que a família não se reunia então eu não os via a muito tempo, logo vieram me abraçar e perguntar pelos filhos e o marido e eu respondi.
Depois todos da família do marido dela (no caso a gente), nos abraçamos e rezamos por que nem todos poderiam estar ali no enterro. De fato, entre tantos momentos fortes, aquele era o mais forte do que todos os anteriores e não seria exagero dizer que era o mais forte de toda minha vida.
Por fim, me despedi do dela e voltei para casa por que precisava trabalhar hoje. Então me despedi de todos, todos pediram para que eu passe alguns dias lá em Teutônia com a biza que precisava de mim neste momento e pediram para que eu desse mais noticias e aparecesse mais seguidamente, até me obrigaram a passar um final de semana em Novo Hamburgo.
Qual foi a ultima coisa que eu disse antes de sair de lá?
Aproveitarei o para visitá-los sim, por que percebo agora que arrependimento não será o suficiente para trazê-los de volta em todos os casos. E por fim agradeci pela ultima vez tudo que a Lori fez por mim e representou em minha vida.
Vai com Deus guerreira  ;s
Enquanto escrevo esse texto ouço músicas que provocam uma paz interior e penso em o que escrever, mas de fato logo já respondo a minha pergunta.
Existem poucas, mas ainda existem pessoas que trazem uma paz interior em mim. Pessoas que me fazer reprimir o sentimento de saudades que machucava meu coração até então. Pessoas que fazem perceber o quanto os detalhes importam. Essas pessoas merecem encontrar alguém que faça o mesmo bem como fazem a mim, alguém que as tragam calma, mas eu sou incapaz disso, o que me faz pensar em me afastar por que dói machucar quem sempre tenta nos ajudar :/ e não é bobagem não!

Toda vez que toca o telefone penso que é você ♪


Eu tento entender como o tempo é capaz de provocar mudanças tão grandiosas, mas ser incapaz de apagar um amor, amor que já causou muita dor, foi causador de muita de muitas confusões, mas o tempo passou, o amor ficou, ou seja lá o que for, talvez seja apenas uma atração interminável, mas depois de cada minuto ao teu lado eu percebo que em nenhum momento tu deixou de lutar e cada olhar trocado nos fez por diversas vezes esconder um sentimento que na realidade é muito bonito.
O que me conforta é saber que depois de tantos erros, depois de tantas mancadas, eu tenho você ainda aqui ao meu lado, da mesma forma, com um carinho interminável e imbatível. Eu desejo estar cada minuto mais perto de você e isso nunca muda, isso nunca vai mudar.
Mágoas e erros causam dores, causam lagrimas e muita tristeza, mas não é capaz de apagar nada, não é capaz de me fazer esquecer nenhuma noite na qual tu me beijava intensamente, não me fez esquecer nenhum abraço, não fez esquecer nenhuma das vezes em que contamos as estrelas juntos, em que tu me chamava de debochada, em tu me fazia rir interminavelmente e sempre com a mesma piada. Sempre fez de tudo para fazer sorrisos surgirem e o que mais me alegrava era ver sorrisos teus surgirem, por que convenhamos bem lindo esse teu sorriso cativante *-*
Bem, meu anjo, meu guerreiro, meu psicopata, eu jamais vou esquecer nenhum gesto teu para provar o quanto é grande o teu amor por mim, jamais esquecerei também os momentos que ao teu lado passei, tantos os momentos de alegria, festa, quanto os de tristeza e preocupações, tudo isso por que meu sentimento por ti é o mais verdadeiro possível e inesquecível, por que tudo que é verdadeiro nunca termina.
Basta hoje eu descobrir os meus sentimentos, descobrir se na realidade todo esse sentimento é amizade ou algo a mais, mas vivo das minhas escolhas e com calma eu irei antes de tomá-las, machucados já existem em grandes proporções, então sendo a calma uma virtude, quero alcançá-la.
Eu só não quero e não me permito mais perder tempo, deixar que ele passe e eu não o aproveite é uma burrice repetida!
Perdoa o que puder ser perdoado e esquece o que não tiver perdão (8’

O final de semana!

Depois de conhecer o Tampas avassalador e ter uma noite incrível.
Primeiro por que as 9 horas da noite a gente ainda aguardava para saber qual seria o rumo da nossa noite, até por que a Cristiane iria dormir lá em e eu estava SOLTEIRA, sabíamos que independente de qualquer coisa, a cama não seria o rumo mais provável.
Até que recebemos uma ligação animadora nos convidado para ir ao Tampas em duas horas, nos arrumamos correndo, avisei a mãe, pegamos o necessário e partimos para a noite.
Então o motorista Márcio Stack juntamente com o Robson Stoll nos pegou em casa e fomos buscar a Bruna Luísa na casa dela. Então, no carro a gente já teve alguns deslizes de algumas pessoas até chegar ao centro de Lajeado para abastecermos, não o carro obvio, nos abastecermos. Um Champanhe que tínhamos desde a saída de Marques , a mesma estava no Camping do Stack e nos acompanhou para um noite devassadora e para dar o inicio de pouca bebida –haha. No posto, compramos então a bebida e partimos rumo a Arroio do Meio. OMG’ eu não consigo me lembrar direito, mas me recordo que a gente deu muita risada, lembro da furada do shopping e da buzina para os travecos HAHAHAHAHAHAH. Tá, talvez eu já tenha chegado no local da grande noite com o teor alcoólico elevado, o que de fato não foi a primeira vez.
Chegamos “bem” e seguimos a rotina de ir primeiramente ao banheiro, então fomos para a primeira volta da noite, sendo eu a única solteira das duas que me acompanhavam, fomos para as pistas na parte superior e lá nos perdemos, sim acredite, demoramos séculos para sair de lá pelo simples fato de que NÃO HAVIA SAÍDA :/ - tragédia!  Então descemos a procura dos guris que nos levaram, encontramos e eu dei de cara com a minha coisa linda Sinara e a Vanessa. Então eu e os casais fomos novamente para as pistas superiores e lá encontrei a linda Simone e demos algumas risadas em pouco tempo de papo. Então eu decidi dar as minhas voltas sozinhas, que renderam risadas, reencontros, risadas, tumulto, briga, suor, danças, diversão total, fotos e bebedeira, não poderia esquecer. Até que nos momentos finais encontramos os guris de Marques que vieram posteriormente entre eles Tcharles, Ricardo, Diepe, Nando e Loi. Rimos tanto, fizemos as palhaçadas de sempre e ficar perto do Ricardo e do Nando sem dar risadas e praticamente impossível. Deeeeeeeos, o final foi recaída mas todos tem o direito de errar.
Bom, na saída eu não estava bêbada sacas, por que comigo e semigo DEEEEEEEEEEEOS :o
HAHAHAHAHAHAHAAHHAHAHAHAHAHAHAHA’ impossível esquecer uma noite devassadora como esta e confesso, um dos maiores porres da minha vida, uma das noites que eu mais dancei e mais me diverti. Quero mais noites assim. OMG’
CARNAVAL CHEGANDO E EU SOLTEIRA, ISSO NÃO VAI PRESTAR ! (x

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

O interesse que tenho em acreditar numa coisa não é prova da existência dessa coisa. - Voltaire

Fiquei feliz por que o horóscopo de gêmeos disse hoje que os últimos dias foram conturbados em relacionamentos amorosos, amigos e familiares, mas pede para que eu tenha calma e saiba administrar bem as coisas e saber aonde investir, mas que logo tudo voltará ao normal e é tudo que eu mais desejo e é o que eu planejava fazer.
A vida depois de que eu comecei a observar atentamente o horóscopo como sugerido, muitas coisas tem dado certo. (x
Só espero que desta vez tudo volte a ser como era, por que eu já não agüento mais de saudades.

Quem acredita sempre alcança ♪

Depois de muitas horas de conversa com o Ricardo Heid ele disse algumas coisas marcantes na qual eu passei a reformular conceitos meus e também aprendi diversas coisas novas que eu estava na hora de perceber.
Um fato marcante que eu não poderia esquecer-me de registrar é de que eu estava irritada com toda a minha vida e tinha acabado de discutir por uma tremenda burrice.  Então para quebrar o gelo, por diversas vezes ele não perdeu a mania de ser o brincalhão e o debochado e então pedia para que eu desse uma risada mesmo que a mesma fosse falsa. No fim, ele se expressou melhor dizendo que via que quando ele falava isso a risada não era falsa, por que de fato é importante ver que alguém se importa em ver você rindo, é importante ter alguém perto de você para te fazer rir, mas ao mesmo tempo eu pensei sobre tudo isso.
Muitas vezes as pessoas me cobram sorriso e a maioria das vezes é preciso um tamanho esforço, mas com tanta pressão e relevância que dão para que surja um sorriso mesmo que falso me obrigam a lutar para que ao invés de deixar as lágrimas aparecerem para que surjam sorrisos mesmo que falsos.  Alguns devem se perguntar como que eu consigo fazer isso, na realidade, as pessoas que me julgam por não desabafar sobre o que me incomoda e que me julgam por estar diferente pelo fato de que eu não dou mais tanto carinho, tanta atenção, que eu estou mais duro com os demais e vêem em excesso em mim, são as mesmas pessoas que cobram sorrisos falsos, mas mal sabem essas pessoas que as maiores responsáveis são as mesmas por que ao guardar uma lágrima para surgir um sorriso eu machuco sentimentos, eu machuco o coração e com isso eu sou incapaz de ser a mesma diante de um coração tão ferido com decepções e dores que eu não divido para que os demais não percam seu tempo se preocupando comigo, isso se ainda existe alguém que se importe.
O Ricardo sabia que a ele eu não sorriria falsamente, por este fato ele na brincadeira pediu um sorriso falso, sabendo que eu não daria a ele o que ele desejava e ele entende o que eu quero expressar. O importante é que embora muita coisa tenha mudado em mim nos últimos dias, alguns sentimentos de arrependimento permanecem, mas eu sei que terei mais chance de reescrever o final de nossas histórias.
Melhoras ao Ricardo Heid, por que novamente ele conseguiu cair de moto! (yn’

te amo e isso basta?

Estava eu agora ao som de Stand by me escrevendo alguns textos sobre o intercambio e me obriguei a deixar de lado o texto e passar a digitar outro que expresse tudo aquilo que de fato eu penso.
Passei exatos 17 minutos pensando eu variados acontecimentos a uma amizade que eu sempre acreditei que fosse baseada virtualmente e que a causa para que haja esse laço fossem conversas pelo MSN, e-mails trocados e sites de relacionamento. Realmente surpresa, percebi que depois de ter passado esse primeiro ano de amizade, de uma amizade inigualável e que poucas vezes podíamos estar fisicamente juntas, eu percebi que não é a internet que une a gente, não é a internet que nos torna irmãs de coração, afinal, é um laço que nós construímos juntas que nos une e embora a saudades machuque, dói e causa lágrimas, não torna a amizade ruim, apenas a deixa cada vez mais encantadora. Eu sempre digo “quem foi que disse que para estar junto precisa estar perto?” por que isso eu aprendi com essa amizade, de que nem sempre é necessário estarmos frente a frente para receber um abraço confortador, não é preciso um contato diário, não é necessário um ver a pessoa seguidamente, morar perto para confiar também não é necessário.
Confio em poucas pessoas de olhos fechados, poucas pessoas me entendem, tenho amizades de infância que não se tornou tão especial quanto esta, tenho amigas que mora ao meu lado que não são tão importantes como você. Isso é apenas mais uma prova de que nossa amizade enfrenta obstáculos, mas vale apena enfrentá-los por que não é todo da que eu faço amizades desse tipo, não são todos meus amigos assim, por isso, até o ultimo minuto que eu respirar irei valorizar esta amizade e agradecer por ter você na minha vida, mesma distante.
Amizades verdadeiras são assim, pode o tempo passar, a distancia aumentar, as vidas se transformarem, mas o que é verdadeiro sempre vai permanecer, as lembranças sempre serão motivo de alegria e os abraços sempre serão iguais, por mais que talvez depois de certo tempo eu jamais te veja, talvez eu logo parta para sempre, mas esse sentimento não vai diminuir, apenas será capaz de aumentar, por que é verdadeiro o meu sentimento por ti e isso nem a morte pode fazer acabar.
Minha coisa fofa Thaís Fernanda Benincá, eu só tenho a agradecer por tudo que tu fez na minha vida e por estar nela. Eu tee amo muitoo muitoo e isso é para sempre <3  - e não é verídico aquilo que diz a música “... O pra sempre, sempre acaba...” Por que o que é verdadeiro não acaba, mas a continuação da música é fataço.
- NADA VAI CONSEGUIR MUDAR O QUE FICOU (8’

A leitura traz ao homem plenitude, o discurso segurança e a escrita exactidão. - Francis Bacon

Eu brigo comigo mesma por que neste momento eu estou escrevendo um texto para expressar tudo o que meu coração precisa desabafar, não encontrei ninguém para dividir isso, tentei até me olhar no espelho e dizer a mim mesma, mas tive pouco sucesso, pois a minha mente é confusa diante de tantas indecisões e decepções. Eu sempre me senti melhor escrevendo por que assim eu não guardo para mim TUDO e assim salvo alguns sentimentos, sem contar que eu costumo escrever ouvindo Beethoven que acalma qualquer um e traz uma paz intera para assim acalmar também as dores causadas por decepções.  A cada frase digita as lagrimas dos olhos transbordam, por que a cada palavra que eu expresso por letras, para quem sabe apenas eu mesma ler.
Aonde esta o principal defeito que eu não acho? Por que eu não tenho ninguém ao meu lado? O que causou isso?  Por que eu estou rodeada de pessoas e nem por isso deixo de estar na solidão? Por que é tão complicado receber um abraço que por sinal apaga de certa forma as dores?

O primeiro dos bens, depois da saúde, é a paz interior. - François La Rochefoucauld

Meu coração quer entender o que se passa no seu, meu coração quer entender você, ele precisa de você aqui para ele continuar batendo da forma que só você sabia fazer para acelerá-lo. A cada minuto que se passa as lembranças retornam aos meus pensamentos fazendo assim a minha alma gritar, por se sentir fraca, por estar com medo, por estar insegura e sozinha.
Eu quero que isso logo passe, que a dor logo acabe que tenha apenas paz interiormente, eu digo com toda convicção que isso só acontecera quando eu receber os abraços que diminuirão as saudades, e que sempre foram capazes de me dar força para enfrentar todos os meus desafios.

“Suas atitudes falam tão alto que eu não consigo ouvir o que você diz.” Ralph Emerson

Ser apenas mais uma? Talvez eu nunca tenha procurado exclusividade, mas ao lado de suas máscaras eu era feliz por me sentir exclusiva, diferente e única, mas descobrir que tudo isso não passou de sonhos meus, isso dói demais, isso corrói, isso provoca dias intensos, dias no qual eu busco as respostas, busco mais maturidade, busco aprender, busco ser mais forte, mas isso não basta nada disso me trará o homem que eu me apaixonei novamente, aquele que automaticamente era apenas uma máscara.

Quem põe ponto final numa paixão com o ódio, ou ainda ama, ou não consegue deixar de sofrer. - Ovídio

Em um mundo movido de perguntas, é a resposta que eu busco. Busco a resposta de qual é o caminho ideal, a resposta de quem são as pessoas verdadeiras, a resposta de por que existe tanta falsidade, busco a resposta do que é certo e o que é errada, mas com justificativa.
Busco principalmente neste momento saber o que causou o ponto final, se foram erros meus, defeitos meus, se foram indecisões suas, se foram pressões exteriores ou interiores ou se todo esse tempo eu passei a gostar cada dia mais de suas máscaras e não sei se já parou para pensar, mas eu estava entregando o meu coração a uma pessoa da qual eu não conheço, um pessoa da qual todo dia me surpreendia positivamente até eu descobrir que as surpresas eram causadas por que uma máscara sua caia.

As pessoas têm medo das mudanças. Eu tenho medo que as coisas nunca mudem. - Chico Buarque


Hoje enquanto me dirigia a meu trabalho eu observei a faixa de segurança e por alguns minutos um filme com diversas histórias. Pensei em todas as vezes que eu cobrava de mim respeitar todas normas de transito e até dos demais, sabe, eu dizia que cuidava por que participava do Vida Urgente e respeitar seria viver.
De fato naquele mesmo momento eu atravessei da forma mais irrespeitável e insegura que eu conseguisse. Por quê? Eu penso da seguinte forma, durante anos amei defender a bandeira da Vida Urgente e não me arrependo de nenhuma ação, aprendi, errei, acertei e acredito que salvei vidas dessa forma. Mas agora eu me pergunto, implorar por Vida Urgente para os outros, esse lado eu concordo, mas eu não pretendo seguir aquilo que falo, afinal, por que eu lutaria por VIDA URGENTE sendo que o meu maior desejo seria o oposto?
Sim, eu lutei por uma vida melhor para mim, eu lutei por felicidade, mas quando eu me conquistava simplesmente era atingida por uma inveja, por alguém que desejava minha morte ou os demais faziam com que eu a desejasse.

domingo, 15 de janeiro de 2012



Para conhecermos os amigos é necessário passar pelo sucesso e pela desgraça. No sucesso, verificamos a quantidade e, na desgraça, a qualidade.

Pássaros ?!

Eu deitada em minha cama hoje, e ouvi uma criança gritar, - atira!
Então eu fui ver o que estava acontecendo e no momento em que eu vi o garoto atirou uma pedra e após julga-lo pelo ato eu fiquei durante UMA HORA E MEIA observando os pássaros e pensando na MINHA VIDA.
O local, estava cheio de pássaros pretos e praticamente iguais. O garoto ao tentar acertar um pássaro que estava em repouso sobre a o telhado, a pedra acabou acertando outro pássaro que cruzou a frente, sendo assim atingido o pássaro que estava voando e o de repouso foi "salvo".
O pássaro atingido caiu, eu o ajuntei, coloquei sobre o telhado novamente e ele fazia um som, parecia pedir ajuda para algum deles, mas nenhum dos demais veio ajuda-lo.
Então um pássaro diferente, no qual acredito eu não ser da mesma raça de pássaro veio e apenas repousou ao lado do atingido, depois de algum tempo o pássaro machucado voltou a voar, e o pássaro diferente dos demais ficou solitário.
O pássaro atingido talvez não tivesse a intenção de ajudar, talvez foi atingido por azar, mas querendo ou não, por que o pássaro que deixou de ser atingido não foi ajuda-lo quando ele mais precisava de ajuda ? A ajuda veio de um pássaro que jamais ele esperava que viesse.
Sei que os pássaros não são homo sapiens sapiens, não são tao "evoluídos" quanto nós seres humanos, mas eu observei isso e por alguns minutos percebi, talvez em minha vida eu fosse o pássaro atingido e tudo isso tenha acontecido comigo, talvez não, de fato eu me identifiquei com a situação. E o que eu penso sobre isso, talvez fosse melhor de que a pedra jogada, muitas vezes seria bem menos dolorosa se fosse mortal NA MINHA SITUAÇÃO.