quarta-feira, 10 de outubro de 2012

acordei nesse mundo marginal :/

Eu sei, não é sempre que a gente encontra alguém que faça bem, que nos leve desse temporal ♫

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Nem motivo, nem razão, sem explicação decidi retornar aqui e ocupar um pouco mais o tempo que ultimamente tem me faltado bastante, mas aqui me faz bem e eu honestamente procuro a tempo por coisas que me deixam um pouco mais animada.
Um breve aviso, a partir de hoje irei estar mais ativa aqui, quando possível ao menos.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Eu penso a que ponto chegou o ser humano.
Sobre o preconceito que algumas pessoas tem contra o BBB eu não me ponho contra e nem a favor, de fato, é sim um programa que prova quais as características o povo brasileiro tem.
Qual a minha reclamação? Circula na internet a situação que fala em que todos os brasileiros assistem BBB e analisam antes de votar, mas que para escolher seus representantes Brasília e em todas as questões em que elegemos nossos representantes. Tudo bem, protesto com razão, realmente isso é uma vergonha, mas devemos analisar melhor este protesto. Até onde eu vi tinha em torno de 10.000 pessoas que tinham compartilhado este protesto, mas então o que eu questiono é simples de responder e espero que cada um saiba responder. Todas as pessoas que compartilharam, estão defendendo um causa, mas espero que nenhum assista ao programa, mas espero que todos analisem os candidatos que votam para dirigir seu município, seu estado e seu país.
O meu objetivo diante desse texto é pedir para que cada um reflita.
Fácil é reclamar de todos os políticos, difícil é disputar com eles e acreditar na sua capacidade de fazer o mesmo papel, sempre é fácil julgar, mas difícil agir. Mais difícil do que se candidatar para mudar a visão política do povo é brasileiro é ao menos ler o histórico dos candidatos, é ao menos saber quais as suas propostas, entender qual a sua ideologia, é fácil sentar horas e horas para analisar candidatos a um milhão de reais, mas é complicado sentar uma hora em frente à TV e assistir ao horário político, fácil é assistir noticias sobre tragédias, olhar filme, desenhos, séries e tudo mais, complicado é assistir noticias sobre o que acontece hoje entre os políticos, saber quem esta envolvido em corrupção e quem não cumpri a lei.
A política ta no estado de corrupção hoje, por que você ontem escolheu a pessoa errada, por que você escolheu a ideologia errada. A culpa é toda sua, só você não admite.
Então pensa na próxima vez antes de julgar um político, por que foi você que errou.
Um momento que esta passando agora em minha memória me faz refletir mais um pouco.
Um dia me falaram que era necessário que nos afastássemos, mas que não por querer ficar longe e sim por estar magoando outras pessoas, disse me amar da mesma forma mas que era impossível continuar assim. Ok, eu permaneci amando da mesma forma, permaneci tentado levar a vida da mesma forma, mas visivelmente eu estava abatida.
Então eu encontrei pessoas que calassem a dor, não por completo por que isso sempre será impossível, mas o suficiente para eu ter fé e esperança de que algum dia alguém se preocupara com os meus sentimentos.
Sabe, depois de tanto tempo eu ainda lembro-me daquele momento, ainda lembro-me do quanto doía não poder estar com aquela pessoa, lembro o quanto eu a via feliz apesar de estar longe de mim, lembro de tudo, com muita dor eu guardo, mas ainda não fui capaz de esquecer também e de certa forma foi assim que eu aprendi, com esses tombos, com esses erros alheios e os meus erros que o fizeram afastar também.
E acredite, eu ainda hoje espero que se toquem que os meus sentimentos também estavam e ainda estão feridos, que os meus sentimentos estavam envolvidos na história, espero que as pessoas se preocupem e percebo que daquela forma machucaram a mim também. Será que alguns dias perceberão? Depois de tanto tempo eu ainda espero por essa resposta, eu ainda tenho fé, até ontem eu achei que isso fosse prova de um sentimento verdadeira que eu sentia mas agora eu percebo que estava enganada por que isso tudo não passa de uma falta de razão, não passa de apenas mais um motivo que eu tenho guardado para chorar e sofrer.
Passa um filme pela minha cabeça desde ontem de noite, um filme dos momentos dolorosos, fato. Parece que cada vez que eu lembro, dói como se eu estivesse revivendo o momento, mas por que eu não consigo excluir isso da minha memória? Por que eu preciso sofrer tanto?
Chega de perguntas, no momento eu preciso de respostas, mas elas não chegam.
Enquanto eu estou trancada novamente e lamentando as pessoas que estão na minha vida e até decepcionada com a mesma, existem pessoas felizes, rindo, se divertindo e não se preocupando com os outros como eu me preocupo. Durante toda a minha vida pisaram em mim da forma mais dolorosa possível e agora, eu quero viver, eu tenho pressa para encontrar a felicidade.
Vi durante toda a minha vida, as pessoas serem felizes e eu pude só observar, ta certo que às vezes eu fui uma das influencias para a felicidade, mas a maioria das vezes passava por cima de mim para serem felizes. O que eu faço agora? Eu procuro felicidade e como encontrar? Enfim, são mais perguntas do que respostas, mas uma afirmação – O QUE EU QUERO É FELICIDADE e não importa o que eu tenha que fazer, se devo tomar um porre sempre, se devo  sair desta cidade, se preciso trocar de escola, se preciso perder a noção do perigo, se preciso brigar, se preciso me afastar de algumas pessoas, não importante aonde e como encontrar, mas eu vou encontrá-la e os outros que se danem.
“Entre o certo e errado eu fico com o que me faz feliz”
E o fim, o fim independentemente de alguma forma vai chegar, logo ou tarde, causa por mim, por fatores da vida ou por outros, não sei. Mas vai chegar e eu nem faço questão que ela venha mas também espero que não demore muito, sei que até lá, eu vou viver intensamente e perigosamente.
Havia um tempo que eu preferia ficar trancada em casa, preferia ficar entre quatro paredes, por que nada aqui me trazia interesse, eu não tinha vontade de viver e ao mesmo tempo tinha medo de partir, por que eu partiria e ninguém sentiria a minha falta, eu teria vivido em vão, enfim, eu não posso afirmar que hoje seja tudo diferente, mas sei que a vida não é mais aquela mesma pura solidão.
Enquanto o tempo passava e eu ficada trancada, eu tinha como a minha música favorita aquela do Evanescence, My immortal. A letra dessa mesma sempre me chamou atenção e sempre coube a minha vida e agora penso que ta na hora de excluir esta letra da minha vida, por que chega, esta na hora de tudo mudar. Como diz a letra:

Essas feridas parecem não cicatrizar
Essa dor é tão real
Há tantas coisas que o tempo não pode apagar

Quando você chorou, eu enxuguei todas as suas lágrimas
Quando você gritou, eu lutei contra todos os seus medos
E eu segurei sua mão por todos estes anos
Mas você ainda tem tudo de mim ♪

Eu sempre estive a disposição para limpar lágrimas, para dividir dores, sempre me esforcei para surgirem sorrisos até quando eu não conseguia sorrir, mas depois de tanto esforço e depois de tanto carinho dado, eu apenas me arrependi de ter feito de tudo para ver os outros felizes e em troca apenas ser cobrada por quererem mais de mim, em troca eu fui um tapete no qual todos pisaram e ainda pisam, e como o tapete, para os outros eu não tenho sentimento, não passo de um objeto.
Saibam que mais nenhuma decepção me surpreende. Sempre foi assim, eu sempre trato a todos como se fossem da minha família e em troca eu fico apenas nas lembranças ou nem nisso, por que geralmente nem capaz de deixar marcas positivas eu sou.